Whatsapp x

Fale com Agente :)

11983495309

Enviar
email x
[email protected]
Crítica (Alev Alev) - A união feminina em pauta; confira!
Siga-nos

Publicados

em

No ar pela emissora Show TV na Turquia desde o dia 05 de novembro de 2020, Alev Alev é uma série turca produzida pela Ay Yapım sob o comando do showrunner Kerem Çatay (Cesur ve Güzel).

A produção é um remake da série francesa Le Bazar de la Charitée (2019) e é protagonizada por Demet Evgar (Vatanım Sensin), Hazar Ergüçlü (Hakan: Muhafız/ The Protector) e Dilan Çiçek Deniz (Çukur).

Hazar Ergüçlü, Demet Evgar e Dilan Çiçek Deniz, protagonista de Alev Alev. (Foto: Divulgação/Ay Yapım ).

QUAL A HISTÓRIA?

O drama acompanha as reviravoltas na vida de três mulheres: Cemre (Demet Evgar), Çiçek (Hazar Ergüçlü) e Rüya (Dilan Çiçek Deniz), as quais tem suas vidas interligadas por uma grande tragédia. As três vivem momentos distintos em suas vidas. Rüya está organizando um grande evento beneficente; Çiçek está às vésperas de seu casamento e Cemre procura uma maneira de fugir, junto com sua filha, das garras de seu marido violento. Após um incêndio de natureza desconhecida, o qual culmina na morte de várias pessoas, essas três mulheres serão submetidas a grandes surpresas do destino.

Cena de Alev Alev. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

VALE A PENA?

Embasada em um forte merchandising social, a trama de Alev Alev é forte e agrega vários elementos que capturam a atenção desde a primeira cena, como a luta de Cemre por se livrar de um casamento abusivo, ou ainda, a jornada de Rüya por reestruturar sua vida agora como uma mulher independente e sem os caprichos de uma jovem da alta sociedade.

Demet Evgar interpreta a personagem Cemre na trama. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Somado a isso, temos o cruel destino de Çiçek, a qual teve parte de seu rosto desfigurado, e agora precisa assumir a identidade de outra pessoa, fazendo com que todos os seus amigos e familiares acreditem na sua morte.

Hazar Ergüçlü interpreta a personagem Çiçek na trama. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Esse drama não se comporta apenas como uma obra fictícia, mas abre espaço para situações reais e, nesse aspecto, não decepciona.

UM FOLHETIM MODERNO

Sem perder a natureza folhetinesca, o roteiro de Alev Alev, assinado pela competente escritora Burcu Gorgun Toptas (Kuzgun, Medcezir), é ágil e não perde tempo com plots aleatórios, pelo menos, até agora (risos). A história segue um curso natural e o ritmo se torna agradável e empolgante.

Cena de Alev Alev. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

O drama também inclui em sua composição a figura de vilões odiáveis como Çelebi (Cem Bender), um homem com uma postura invejável frente à sociedade, porém que esconde sua personalidade obscura e nojenta; İskender (Berker Güven), outro ser desprezível que exala covardia como ser humano e Bülent (Cem Sürgit), um bêbado irresponsável que não mede esforços para prejudicar a vida de seu filho, o pequeno Atlas (Kaan Şener).

Cem Bender interpreta o vilão Çelebi na trama. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Para complementar o gênero melodramático, Alev Alev também apresenta três histórias de amor, uma para cada protagonista. Porém, quem conduz o rumo dos acontecimentos são as mulheres.

3 MULHERES, 3 DESTINOS

Apesar da série destacar o drama de três mulheres, a narrativa não se acomoda, e entrega outras personagens femininas de grande relevância, como Tomris (Zuhal Olcay), uma médica que, após a morte de sua filha, decide traçar um plano ousado e perigoso para impedir que seu genro fique com a guarda de seu neto.

Zuhal Olcay como a médica Tomris. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Alev Alev não economiza nos diálogos e surpreende com a pegada engajada no debate sobre a união entre mulheres. Violência doméstica, abuso psicológico e empoderamento feminino são temas recorrentes em todos os episódios apresentados até então.

Cena de Alev Alev. (Reprodução/Show TV).

PARTE TÉCNICA

Quero destacar o cuidado que a Ay Yapım está tendo com essa produção. Claro que já era esperado tanto esmero por parte dessa empresa que sempre preza pela qualidade de seus produtos. Contudo, o trabalho realizado em Alev Alev é lindo e merece aplausos. Uma fotografia densa somada a movimentos de câmera engenhosos e preenchidos por instrumentais marcantes externam o grande charme da obra.

Cena de Alev Alev. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Vale também citar a bela direção de Ahmet Katiksiz (Kara Para Aşk), o qual tem entregado ótimas sequências desde o primeiro episódio. Sim, estou falando do incêndio que durou quase 30 minutos na tela (um luxo!). O desespero dos personagens em cada close em tela é algo que não vou esquecer tão cedo.

Alev Alev. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

ELENCO

Elenco principal de Alev Alev. (Foto: Reprodução/Show TV).

É impossível não pontuar o quão sintonizados estão os atores desse drama com seus personagens. Porém os grandes destaques são as protagonistas femininas com suas performances naturais. Mas vale também citar as atuações de Cem Bender como o detestável Çelebi; Berker Güven como İskender e Cihangir Ceyhan como o amável Ömer.

Demet Evgar emociona com sua perfomance como Cemre. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Parágrafo isolado para deixar em destaque a incrível performance do ator mirim Kaan Sener como Atlas. Palmas para esse jovem talento que comove a todos sem pronunciar uma única palavra.

Kaan Sener interpreta o pequeno Atlas. (Foto: Divulgação/Ay Yapım).

Confira o trailer dessa novela/série turca:

Comentários

OUÇA O NOSSO PROGRAMA

Postagens Recentes