Antes de O Que a Vida me Roubou, SBT chocou o Brasil ao exibir final alternativo – e truculento – de outra novela

Felipe Brandão
Felipe Brandão
O Que A Vida Me Roubou. (Foto: Divulgação/Televisa S.A.).

O SBT dividiu opiniões entre os fãs de novelas mexicanas ao anunciar, no último sábado (21), que não reprisaria o final oficial de O Que a Vida me Roubou. O capítulo final da reprise vai ao ar na tarde de hoje (segunda-feira, 23), mostrando um desfecho alternativo, em que a heroína Montserrat (Angelique Boyer) chora a morte de seus dois amores, Alessandro (Sebastián Rulli) e José Luiz (Luis Roberto Guzmán).

O que talvez poucos se lembrem é que a emissora apostou numa fórmula semelhante ao reapresentar outro sucesso mexicano estrelado por Boyer: Teresa, de 2010. A produção de José Alberto Castro (RubiLágrimas de Amor) foi exibida pelo SBT entre outubro de 2015 e abril de 2016 e fez considerável sucesso, sendo escalada para uma reprise entre 2018 e 2019.

Desde as chamadas dessa segunda entrega, o SBT já prometia um final distinto ao original – e cumpriu sua palavra ao transmitir, no dia 23 de abril de 2019, o desfecho em que a protagonista-vilã é assassinada por Fernando (Daniel Arenas) com um tiro à queima-roupa, depois de perder todo seu dinheiro e ser abandonada por Arthur (Sebastián Rulli).

Ao contrário do que se poderia esperar, a exibição do fim alternativo de Teresa não apenas desagradou aos fãs brasileiros da Televisa, como os revoltou profundamente. Houve até mesmo quem relacionasse a exibição do assassinato da personagem central ao apoio declarado do canal de Silvio Santos ao governo do presidente Jair Bolsonaro. “Olha o SBT passando um final de feminicídio em pleno 2019”, chegou a reclamar à época um telespectador, no Twitter.

Vale ressaltar que, além da conclusão oficial – em que Teresa e Arthur fazem as pazes e terminam juntos, felizes e apaixonados -, existe também um terceiro final, em que a protagonista, depois de perder tudo e todos, decide recomeçar sua vida do zero – e arruma um novo chefe milionário em que dar o golpe do baú. Será que esse desfecho ainda pinta por aqui em uma nova reprise da trama? É aguardar para ver.

Abaixo, você confere as três versões do destino de Teresa.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter