Após 540 capítulos, “Poliana” apresenta cenário aleatório e vira piada na web: “Arquitetura não combina”

Cadu Safner
Cadu Safner
As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)
As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)

No ar há mais de dois anos na grade do SBT, a novela As Aventuras de Poliana segue para sua reta final da primeira temporada após um ciclo vicioso de enrolações de tramas. De lá pra cá a novela protagonizada por Sophia Valverde virou assunto não somente por sua longa duração, mas também por histórias que não saiam do lugar como o mistério sobre a paternidade da protagonista e a revelação do braço biônico de Sophia, a professora de música da escola Ruth Goulart.

Mas se formos listar aqui seriam muitos os apontamentos, bem como o primeiro beijo entre tia Luísa (Thaís Melchior) e Marcelo (Murilo Cézar) que veio acontecer mais de um ano depois da estreia. E nesta terça (9), a novela voltou a ser piada na internet após o SBT mostrar um lado completamente desconhecido da casa do Sr. Pendleton, personagem de Dalton Vigh.

As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)
As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)

Na ocasião, Poliana ganhou o aval do seu pai para organizar uma festa na piscina com seus amigos e familiares. Até então, nesses dois anos de novela a mansão de Pendleton era resumida em sala, laboratório, os quartos de Poliana e Estela (menina android) e um túnel secreto.

As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)
As Aventuras de Poliana (Reprodução: SBT)

Na web os comentários destacavam a incompatibilidade na arquitetura da mansão mostrada até aqui com a nova parte dela. “Alugaram uma casa qualquer”, disse o tuiteiro @epictimechat. “Piscinão dando as caras pela primeira vez em 2 anos”, escreveu o perfil @NemRolaOuEnrola.

Confira outros comentários:

 

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter