Atriz mirim de Gotinha de Amor revela que deixou de fazer novelas por conta de seu físico

Felipe Brandão
Felipe Brandão
Andrea Lagunes, protagonista de Gotinha de Amor. (Foto: Divulgação).

Quem acompanhou a programação do SBT no início dos anos 2000 certamente se recordará de Andrea Lagunes, a encantadora menina que, com apenas seis anos de idade, cativou o público na pele da doce Belinha, protagonista da novela infantil Gotinha de Amor (1998).

Há quase 20 anos sem fazer novelas, Andrea revelou que não se afastou do gênero por vontade própria. Hoje com 28 anos, a jovem participou recentemente de uma live promovida no YouTube pelo canal Tlnovelas, na qual revelou os motivos que a levaram a deixar de atuar em folhetins.

“Conforme fui crescendo, sempre me disseram que pareço mais nova do que sou. Eu fazia testes para novelas mais juvenis e me diziam que não, que eu ainda parecia muito criança no vídeo, que não podiam me colocar me apaixonando por alguém ou coisa assim, porque eu ainda parecia muito pequena. Essa foi a história da minha vida”, lamentou Lagunes.

A moça acrescentou que o fato de parecer mais jovem do que de fato é já lhe causou constrangimentos também na esfera pessoal. “Agora não [tem acontecido] porque estamos numa pandemia, mas quando vou a uma festa, a uma casa noturna, costumam exigir meu documento de identidade, porque sigo parecendo mais nova. Não sei se é benéfico ou prejudicial para mim, mas assim tem sido”, detalhou.

Andrea Lagunes atuou pela última vez em Viva às Crianças – Carrossel 2 (2002), versão de Carrossel que o SBT transmitiu em 2003. Neste folhetim, ela deu vida à mimada e rude Miranda, filha do milionário Alonso Galhardo (Miguel de León), por quem a professora Lupita (Andrea Legarreta) se apaixonava.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter