Biosérie sobre criador de Chaves ainda não foi aprovada por Florinda Meza; Chiquinha pode ficar de fora

Cadu Safner
Cadu Safner
Florinda Meza (Dona Florinda) e Maria Antonieta de las Nieves (Reprodução/Estrela Latina)
Florinda Meza (Dona Florinda) e Maria Antonieta de las Nieves (Reprodução/Estrela Latina)

O polêmico jornalista Roberto Adolfo Infante, do canal Imagen Televisión, revelou que Florinda Meza, hoje aos 72 anos e eternizada como a intérprete da personagem Dona Florinda no seriado Chaves, foi nomeada curadora de todas as obras de Roberto Gómez Bolaños, seu falecido marido e criador da atração.

Isso significa que absolutamente todos os projetos realizados sobre o ator, terão de ser aprovados por ela. 

“O testamento feito em segredo pelo senhor Roberto Gómez Bolaños é uma verdadeira carta de amor para seus cinco filhos e para sua viúva. Ele a nomeou especialmente, como a curadora de seu acervo e, então, foi encarregada do uso adequado do conteúdo literário de Chespirito. E isso implica em todos os personagens e todos os textos”, afirmou o Infante em sua coluna no TVyNovelas.

Chiquinha ignorada?

Quando foi anunciada a biosérie de Chespirito, vários atores não hesitaram em mostrar interesse em fazer parte do projeto e interpretar o famoso ator e outros personagens de suas obras.

Maria Antonieta de las Nieves foi uma delas. A atriz que até hoje dá vida a Chiquinha, pediu ao filho de Roberto Gómez Bolaños para participar do projeto com sua personagem. 

Mas essa ainda é uma dúvida que permanece, afirma Infante. Pois no passado, a atriz travou uma batalha judicial com o criador, pelos direitos da personagem, e venceu. 

Além disso, o anúncio de que a “última palavra” sobre o conteúdo ficará a cargo de Florinda Meza pode deixá-la de fora da bioserie, já que a rivalidade que as separa há muitos anos nunca deixou de ser conturbada e ferrenha.  

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter