Bomba! Maite Perroni anuncia o fim da sua carreira musical “Hoje se cumpre um ciclo”

Vander Dias
Vander Dias

Maite Perroni participou do programa da famosa entrevistadora mexicana Mara Patricia Castañeda no Youtube para promocionar seu novo filme “Doblemente Embarazada” que já está em cartaz nos cinemas mexicanos desde o último dia 19/12. Na entrevista Perroni falou sobre projetos de carreira e vida pessoal, a atriz e cantora não deixou de tocar em assuntos como RBD e a sua continuidade na carreira musical.

Primeiramente ela falou sobre seu novo filme “Doblemente Embarazada”, trata-se de uma comédia, um reflexo de mulheres que descobrem estarem grávidas de gêmeos de homens diferentes. Maite alega que não sabia que isso poderia acontecer, e tratou de estudar notícias em jornais de outros países que explicavam que uma mulher ovulando duas vezes dentro de 72 horas, mantendo relações com homens diferentes ou ainda com o mesmo parceiro poderia ficar grávida duas vezes.

A atriz ainda comentou sobre como foi trabalhar com o companheiro Koko Stambuk, o mesmo é o diretor do filme. Ela diz que foi fácil, pois o conheceu trabalhando juntos, ele – Koko – começou como produtor de seu primeiro disco como solista e depois foi diretor de vários videoclipes dela, ficaram bons amigos e então começaram uma relação. Agora, seis anos depois voltaram a trabalhar juntos para o filme, o que para ela foi uma boa experiência. Perroni rasgou elogios ao trabalho do noivo e elogiou sua personagem, Cristina, defende sua sinceridade, a comédia que traz a história e ainda defende as escolhas do parceiro como diretor. O tom amarelo que persegue o filme segundo Maite traz uma personalidade e identidade a história que visa fugir de qualquer estrato ou classe social, tornando-se um conto para todos.

Sobre a mudança no rol de papeis que costumava desempenhar, a atriz respondeu à jornalista que vê essa transformação como algo inerente do ser atriz, disse que o momento pede mudanças na carreira muito evidenciado pelas plataformas digitais que permitem outros tipos de personagens e tomada de certos riscos, ela atribui que a idade também permite esses riscos na carreira e falar sobre a sexualidade da mulher é algo importante e ainda muito julgado, se referindo aos seus últimos papeis como em El Juego de las Llaves e também no que diz respeito ao filme.

Sobre o retorno às novelas Maite diz que em algum momento retornará fazer folhetins do gênero porque é algo que gosta de fazer, porém, ainda não tem previsão para isso.

A ex-RBD confirma que está vivendo o melhor momento de que gostaria de estar vivendo na atualidade. Perroni nota que hoje há um certo equílibrio entre o pessoal e profissional. Questionada sobre constituir uma família e se casar, ela pondera e afirma que Koko é um homem solidário, inteligente que a aconselha tomar riscos, sempre acompanhando e ajudando a crescer, nega que casaram-se escondidos. Para ela, os dois decidiram estar juntos sem protocolos, sem cerimonia, processos civis ou religiosos, sustenta ela a sua concepção de um relacionamento moderno e sólido. Quanto a terem filhos, desde o princípio já pensou em ser mãe, os dois desejam ser pais, mas não acreditam em momento certo, deixarão simplesmente acontecer.

Dentro do tema família, Maite comentou sobre o câncer de mama que padeceu sua mãe e a luta que perdurou dez anos, sendo um grande exemplo da ideia de maternidade para ela. Ela ainda revela que os pais são divorciados, no entanto, é amiga e tem bom relacionamento com os dois, torce para que a mãe encontre um namorado e ambos os pais sejam felizes, sem querer se intrometer na intimidade deles.

O que não poderia faltar é o assunto RBD. A eterna Lupita falou sobre o aprendizado e a grande escola que foi a banda em sua vida, o convívio com seis pessoas muito distintas foi um ganho segundo ela própria, pois ganhou muitos amigos e teve o apoio e a ideia de equipe para lidar com a euforia do momento que fez parte do fenômeno Rebelde. Questionada sobre quem eram seus melhores amigos dos tempos de RBD, ela não hesitou e respondeu que se dava melhor com Poncho e Christian.

Para finalizar, Maite deu um ponto final nas dúvidas quanto ao seu retorno à carreira musical e deu um banho de água fria em quem ainda aguarda sua volta aos palcos, ela foi enfática e respondeu: “A música foi como um romance em minha vida chegou quando eu menos imaginei, me desafiou, me provocou, provocou riscos fazer coisas diferentes, presenteou momentos incríveis com RBD e depois o risco de dizer venha vou fazer minha carreira como solista para ver o que acontece, e foram cinco ou seis anos com esse projeto como solista que na verdade me deram resultados também muito lindos que jamais imaginaria ter, e de repente conquistamos ter cinco discos de ouro, quatro discos de platina, um disco duplo de platina, outro disco de ouro e eu jamais em minha vida nem sonhando imaginava isso, porque a música para mim não fazia parte do meu caminho e me presenteou com coisas lindas. Mas, sou objetiva e penso mais adiante, o que me provoca e impulsa seguir como daqui setenta anos ter uma carreira que possa fazer um monólogo em um teatro e depois comer com os filhos e netos, ir ao teatro e poder disfrutar do que me apaixona e não me vejo fazendo no cenário da música.”

Prossegue, “A música me acompanhará em minha vida, não sei daqui um ano posso dizer de repente fiz um disco de música romântica, não sei e lance no Spotify, e direi escutem se quiserem ou não, um disco não sei se vou fazer, mas hoje digo tomarei o tempo para fazer coisas diferentes com muito mais atenção tomando a minha parte pessoal e a minha profissão como atriz.”

Então é isso, Maite descarta qualquer vínculo duradouro como cantora e alega que investirá apenas na atuação que é a sua maior paixão. Ela garante que como atriz vem desafios, planos que estão a se concretizar e vai focar mais tempo para isso, deseja mais tempo para o lado pessoal, porque está em outro momento de sua vida em que pode decidir o que quer fazer e o que ela quer é mais tempo para sua família, para sua relação e para a atuação, sendo sempre verdadeira consigo mesma.

“Agradeço profundamente -a música – hoje se cumpre um ciclo”, finaliza Maite Perroni pondo um ponto final na sua carreira como cantora.

Confira a entrevista completa concedida à jornalista Mara Castañeda no vídeo abaixo:

Reprodução: Youtube

Vander Dias

Vander Dias

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter