Cinderela moderna, mas sem perder o conto de fadas

Cláudio Oliveira
Cláudio Oliveira
Foto: Reprodução/ Amazon Prime Video
Foto: Reprodução/ Amazon Prime Video

Confesso que estava ignorando o filme da “Cinderela”, mas foram tantas chamadas na timeline, que não resisti e fui ver o que tão diferente tinha na história que quase todos sabem o final (ou ao menos imaginam, de cara, o “felizes para sempre”).

A trama tem como participação principal a cantora cubana e, agora atriz, Camila Cabello, que interpreta a princesa Cinderela, no filme dirigido por Kay Cannon.

Na narrativa, Cinderela (Camila Cabello), como nos contos da Disney, é uma jovem sonhadora, mas com propósitos na vida. Na versão musical, a Cinderela Morena quebra o padrão de princesas de olhos azuis e cabelos loiros.

Além da aparência diferente, Cinderela tem o “espírito empreendedor” como meta de vida, longe de ficar dependendo do príncipe encantado. A mocinha aproveita seus momentos livres para produzir exuberantes vestidos.

Dessa forma, a personagem perde a fantasia do casamento e de se “congelar” como dona de casa e mãe de vários filhos.

Robert (Nicholas Galitzine) é o príncipe moderno, com direito a brinco na orelha. O jovem tem atitudes bem infantis até encontrar Cinderela fazendo uma malcriação com seu pai e o jovem acabar se encantando pela plebeia. Esse será o pontapé inicial do romance quase proibido.

Outra adaptação foi a Fada-Madrinha da jovem princesa – que, agora, é o “Fado-Madrinho”, nominado por Fabuloso (Billy Porter) personagem negro, de salto alto e de roupas brilhantes, que tem por objetivo reforçar a representatividade no filme. Ele também é o responsável pela glamorosa ida de Cinderela ao baile de gala.

Fabuloso (Billy Porter) e Cinderela (Camila Cabello), no filme Cinderela (Foto: Reprodução/ Amazon Prime Video).

Se tratando de um filme musical, a obra chama bastante atenção pelo ritmo e sincronia em que os personagens cantam e dançam as músicas – que contêm melodias já conhecidas pelo público, o que é um dos pontos envolventes no filme que tem quase duas horas de duração.

Príncipe, princesa, madrasta má, o filme é um completo conto de fadas, mas sem perder a evolução dos novos tempos. Vale assistir com os filhos e entrar no clima das músicas de esperança. O filme Cinderela está disponível no Amazon Prime Video.

Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira

É repórter e colunista.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter