Com elenco pronto, cenário montado e a poucos dias do início das gravações, série Quinceañera é cancelada na Televisa

Cadu Safner
Cadu Safner
Thalía e Adela Noriega protagonizaram a novela Quinceañera na Televisa (Reprodução: Televisa)
Thalía e Adela Noriega protagonizaram a novela Quinceañera na Televisa (Reprodução: Televisa)

A quarta produção do ousado projeto Fábrica de Sueños, Quinceañera (Quinze Anos), foi simplesmente cancelada pela rede mexicana, Televisa. O anúncio aconteceu a poucos dias do início das gravações e com todo o seu elenco definido. A série, que estava a cargo de Miguel Ángel Fox, que, aliás, já havia divulgado Macarena Achaga e Ela Velden como as protagonistas, estava com quase tudo pronto para o pontapé inicial das filmagens, porém, toda a parte de técnica e de cenários foram paralisadas. O jornalista Alex Kiffie, do jornal El Herado, informa com exclusividade que não existe nada oficialmente concretizado sobre o que teria levado os executivos da emissora ao cancelamento.

Nas redes sociais, internautas demonstraram insatisfação com a escolha das protagonistas, porém, vale ressaltar que o mesmo aconteceu com Sandra Echeverría (La Usurpadora), Paz Vega (Cuna de Lobos) e Camila Sodi (Rubí). Os atores Vadhir Derbez e Alejandra Barros também encabeçariam a nova versão. No mês passado, Patrício Wills (responsável pela implantação do projeto Fábrica de Sueños) deixou o cargo de presidente da Televisa S.A e passou a ocupar a função de Diretor da Televisa Stúdios. Tal fato deixa em aberto se os demais títulos divulgados pela emissora sairão do papel ou não. Ainda faltam El Privilegio de Amar, El MaleficioColorinaLa Madrastra, Los Ricos También LloranRosa SalvajeCorona de Lágrimas e Corazón Salvaje.

O clássico, as polêmicas, outras versões e a precursora do seguimento; conheça detalhes sobre Quinceañera

Quinceañera foi uma novela dos anos 1980, com 30 anos completos neste mês de outubro. O folhetim foi responsável por lançar Thalía e Adela Noriega e conta a história de uma jovem humilde e sonhadora, que está prestes a completar 15 anos, chamada Maricruz. A menina se apaixona por Pancho, um mecânico honesto da vizinhança. A novela conquistou o público mexicano com a bela Adela Noriega e o carismático Ernesto Laguardia nos papeis principais. Três décadas depois, os personagens permanecem vivos na memória afetiva do público.

Ernesto, que depois de 42 anos trabalhando para a Televisa, hoje está no ar pela concorrente, TV Azteca, através de Las Malcriadas. “Foi a primeira novela que realmente teve protagonistas jovens que mudaram muito a televisão“, disse o ator ao jornal hispânico Dallas Morning News, dos Estados Unidos. Produzida por Carla Estrada e dirigido por Pedro Damián e Mónica Miguel, Quinceañera também teve Thalía em seu elenco, no papel de Beatriz, amiga de Maricruz, que sonha com a festa de 15 anos, em que quer celebrar junto com Beatriz, amiga milionária. Mas isso muda drasticamente quando um vídeo de sexo vaza. Vídeo este que envolve as duas. Beatriz se apaixona pelo irmão rebelde de Maricruz.

Em 2000, foi produzida uma adaptação chamada Primeiro Amor, que no Brasil chegou a ser exibida no SBT em 2003, com o subtítulo de A Mil Por Hora. Primeiro Amor a Mil Por Hora também foi produzida por Pedro Damián e estrelada por Anahí, Ana Layevska, Kuno Becker e Valentino Lanús. Em 2012, foi lançada uma terceira versão, chamada Miss XV, transmitida pela Nickelodeon em toda a América Latina em uma parceria com a Televisa e novamente produzida por Pedro Damián. Os protagonistas foram Paulina Goto, Natasha Dupeyrón, Yago Muñoz e Jack Duarte.

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter