Conheça o macabro e bizarro final de Helena em Triunfo do Amor

Felipe Brandão
Felipe Brandão
Helena tem final bizarro em Triunfo do Amor (Reprodução: Televisa S.A.)
Helena tem final bizarro em Triunfo do Amor (Reprodução: Televisa S.A.)

Triunfo do Amor reserva grandes castigos para seus antagonistas em sua reta final – e Helena (Dominika Paleta) será a primeira deles. A filha de Rosana (Úrsula Prats) pagará caro por suas maldades contra Max (William Levy) e Maria Desamparada (Maite Perroni).

Perseguida pela polícia por conta dos muitos crimes que cometeu, Helena encontra uma maneira bastante inusitada de se esconder. Completamente louca, ela dá dinheiro a um capanga para que a enterre viva em uma cova no meio do mato.

E as insanidades da mãe de Osvaldinho não param por aí. Na manhã seguinte, Helena deixa sua cova-esconderijo para, suja e desgrenhada como uma verdadeira “Noiva-Cadáver”, invadir a igreja em pleno casamento de Max e Desamparada. Munida com um punhal, ela tentar assassinar os noivos!

Por sorte, a polícia age rápido, obrigando Helena a fugir novamente e a ir buscar o apoio de Guilherme (Guillermo García Cantú). Embora inicialmente resistente, o vilão aceita fugir com a megera. No entanto, viaturas de polícia não demoram a localizá-los e cercam o carro de Guilherme diante de um barranco.

É aí que eles tomam a mais tenebrosa decisão. Os dois dão-se as mãos e Helena, usando o mesmo punhal com que pretendia matar Maria e Max, corta o próprio pulso e depois o de Guilherme.

Tenho certeza de que nos encontraremos em outra vida. Uma dupla como você e eu é imortal!“, diz Guilherme à comparsa, antes de acelerar o carro toda a velocidade e se jogar com ela do barranco, numa espécie de Thelma & Louise a la mexicana.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter