Demitido após 38 anos, criador do RBD nega que esteja processando a Televisa: “É a minha casa”

Cadu Safner
Cadu Safner
Pedro Damián e o grupo RBD (Reprodução/Montagem Estrela Latina)
Pedro Damián e o grupo RBD (Reprodução/Montagem Estrela Latina)

Após deixar a rede mexicana Televisa depois 38 anos de serviços prestados, o renomado produtor de novelas Pedro Damián, criador do grupo RBD e responsável pela adaptação mais bem-sucedida de Rebelde, veio à público desmentir boatos de que teria acionado a Justiça contra a empresa, reivindicando direitos trabalhistas dessas quatro décadas em que ficou contrato da emissora.

A informação foi divulgada pelo jornalista Alejandro Zuñiga, por meio de seu canal no YouTube, que garantiu que o produtor estava indignado com a forma como a emissora o dispensou.

No entanto, poucas horas depois de a notícia se tornar viral, Damián concedeu uma entrevista ao jornal El Universal e garantiu que não existe qualquer processo contra a Televisa e que sua relação com os executivos da emissora é das melhores.

É mentira. A Televisa ainda é minha casa“, disse ele, que teve como seu último projeto na emissora, antes da demissão, a novela Like, La Leyenda, em 2018.

Pedro disse que mesmo sem contrato de exclusividade com a emissora, ele tem alguns projetos entregues, dos quais espera pela aprovação.

Damián teve sua primeira oportunidade dentro da empresa em 1971, por meio da novela El Amor Has a Cara de Mujer. No entanto, não foi até 1983 que ele ganhou o reconhecimento como diretor em Chispita, um projeto estrelado por Lucero.

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter