20 anos de Lilo & Stitch: diretores abrem o jogo sobre censura da Disney

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes
Lilo & Stitch teve cenas censuradas pela Disney (Foto: Divulgação)

Sem dúvidas um clássico das animações infantis, Lilo & Stitch é referência em narrativas sobre amizade e família. A trama animada fez tanto sucesso que se estendeu por mais filmes e até mesmo uma série para a televisão.

Apesar de ser um filme infantil, a obra teve que passar por algumas avaliações de conteúdo antes de ir ao ar. Nesse sentido, certas cenas acabaram sendo deletadas da versão final por serem consideradas muito violentas. Tendo em vista o aniversário de 20 anos do longa animado, os diretores do filme revelaram algumas curiosidades dos bastidores.

Diretores de Lilo & Stitch revelam cenas de violência excluídas do filme

Dean DeBlois e Chris Sanders, responsáveis pela direção da animação soltaram o verbo sobre cortes que o filme sofreu. Acontece que na época algumas sequências foram eliminadas por conterem violência inapropriada ao público do longa.

Nesse caso, ambos destacaram que a Disney decidiu dar para o filme uma classificação G – livre para todos os públicos. Por isso, tiveram que eliminar cenas com teor de violência, a fim de barrar a classificação PG – que orienta acompanhamento dos pais.

A parte que me deixa um pouco louco é que no final… o estúdio decidiu que queria uma classificação G”, exclamou um deles. “E a diferença era apenas um pouco de violência, aquela violência de desenho animado que estava no filme“, disse.

Que cenas foram deletadas?

Em seguida, o mesmo ainda detalhou a cena. “Por exemplo, quando Jumba e Pleakley estão destruindo a casa de Nani e Lilo, e tudo acaba explodindo”, confessou. “Jumba estava disparando sua arma espacial de desenho animado que soltava uma gosma verde que batia na parede e a desintegrava. Ele estava atirando em Stitch enquanto [o alien] corria por todo o teto. Eles consideraram isso muito violento. Então, mesmo que fosse uma gosma verde brilhante que criaria buracos no teto, tivemos que substituí-la por Jumba jogando pratos no teto. Tivemos que fazer um monte de mudanças como essa, todas na busca pela classificação G. E não conseguimos a classificação G no final”, pontuou.

Apesar de a classificação final ser PG, o estúdio não repôs as cenas deletadas. “Mas eles não nos deixaram colocar os trechos originais de volta. Então, embora ainda tivéssemos uma classificação PG, tivemos… cenas menos engraçadas, menos interessantes e menos dinâmicas por causa dessas alterações”, pontuou.

Lançado em 2002, Lilo & Stitch é uma aventura sobre uma garota humana e um extraterrestre muito levado. Juntos, eles descobrem a amizade e o conceito de família.

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter