Gabriela Spanic contou com duas dublês para viver gêmeas em A Usurpadora

Felipe Brandão
Felipe Brandão
Gabriela Spanic em A Usurpadora (Divulgação / SBT)
Gabriela Spanic em A Usurpadora (Divulgação / SBT)

Mais de 20 anos depois após ter sido produzida pela Televisa, a novela A Usurpadora (1998) continua gerando curiosidade a respeito de seus bastidores.

Nos últimos dias, veio à tona que a produção do folhetim mexicano teve que contar com outras duas profissionais além de Gabriela Spanic, a protagonista, para rodar as cenas das gêmeas Paola e Paulina na história.

De acordo com informações do portal MDZ, uma delas foi Daniela Spanic, irmã gêmea que a própria atriz, curiosamente, possui na vida real. Por causa de sua natural semelhança com Gaby, ela pôde ‘interpretar’ tanto Paola quanto Paulina nos takes em que as duas personagens apareciam uma de frente para a outra.

Gabriela Spanic e sua dublê, María Morena, nos bastidores de A Usurpadora (Reprodução/Instagram)

Para as demais sequências, porém, era outra dublê quem contracenava com a ex-esposa de Miguel de León. María Morena era a profissional usada nas sequências em que Paola e Paulina estavam juntas sem necessidade de o rosto de ambas aparecer diante das câmeras – como quando, por exemplo, uma das duas aparecia de costas.

Considerada um clássico da TV mexicana, A Usurpadora chegou a ganhar uma nova versão em 2019, em formato de série, agora com Sandra Echeverría vivendo os dois papéis principais. Este remake começou a ser exibido ontem (quarta-feira, 6) no Brasil pelo SBT, onde contou com bons índices de audiência.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter