George Floyd: canais de TV nos EUA interrompem programação em homenagem; veja

Cadu Safner
Cadu Safner

Nesta terça (2) várias redes de televisão internacionais interromperam sua programação por oito minutos e 46 segundos, tempo em que o afro-americano George Floyd foi jogado e morto pelo policial Derek Chauvin. Diante de constantes protestos, a MTV, Nickelodeon, Comedy Central, VH1 e Paramount, pertencentes ao grupo ViacomCBS, se manifestaram contra o racismo.

Esses canais de TV paga exibiram uma imagem completamente negra com a frase “Não consigo respirar”, proferida por Floyd enquanto era sufocado pelo pescoço com a pressão do joelho do policial. O vídeo transmitido era acompanhado por um efeito sonoro que alude a suspiros de asfixia.

Policial foi filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd — Foto: AFP/Facebook / Darnella Frazier
Policial foi filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd — Foto: AFP/Facebook / Darnella Frazier

“Por oito minutos e 46 segundos, ficamos em preto em homenagem a George Floyd. Dedicamos esse tempo às vítimas da brutalidade policial e ao poderoso movimento que luta pela justiça”, publicaram vários sinais de televisão no Twitter.

A mensagem de paz chegou às crianças através do Nickelodeon, antes disso negros, eles emitiram uma declaração de apoio à “justiça, igualdade e direitos humanos” e, em seguida, uma “declaração a favor dos direitos da criança”, que dizia: “Você tem o direito de ser visto, ouvido e respeitado como cidadão do mundo. Você tem direito a um mundo pacífico. Você tem o direito de ser tratado da mesma forma, independentemente da cor da sua pele. Você tem o direito de ser protegido contra danos, injustiça e ódio. Você tem direito a uma educação que o prepara para governar o mundo. Você tem direito a suas opiniões e sentimentos, mesmo que outros discordem deles”.

Confira o momento em que a MTV interrompeu a programação:

 

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter