Globo divulga vilão do SBT em Pantanal e impulsiona reta final de Se Nos Deixam

Cadu Safner
Cadu Safner
Alexis Ayala como Sérgio Carranza em Se Nos Deixam (Divulgação: Televisa)
Alexis Ayala como Sérgio Carranza em Se Nos Deixam (Divulgação: Televisa)

Intérprete do impiedoso jornalista Sérgio Carranza em Se Nos Deixam, atual cartaz do SBT, Alexis Ayala surgiu na tela da Globo nesta sexta-feira (1) durante o intervalo comercial de Pantanal. É que o ator estreará no Globoplay muito em breve, com Amar a Morte.

A superprodução da Televisa que apresenta a “queridinha” do SBT, Angelique Boyer, como protagonista, estreia no streaming na próxima segunda, dia 4. A trama, por sua vez, se une às inéditas Rubi, Betty en NY, Império de Mentiras e outras tantas do projeto que visa ampliar opções para amantes do gênero telenovela.

Desse modo, a imagem de Alexis Ayala, já consagrado no Brasil através de novelas como Abismo de Paixão (2012) e O Que a Vida me Roubou (2013), agora também terá a força da vitrine do Grupo Globo.

Por outro lado, Se nos Deixam acaba beneficiada pela publicidade gratuíta da Globo, que seguirá apostando forte na divulgação de León, personagem de Alexis Ayala, pelas próximas semanas. O cartaz do SBT, contudo, está na reta final na programação e abrirá espaço para A Desalmada.

Do que se trata Amar a Morte?

A trama conta a história de Lucía (Boyer), que se casou com o milionário Léon Carvajal (Alexis Ayala) tramando ficar rica. Entretanto, ele é assassinado no dia de seu casamento.

Ao mesmo tempo nos EUA, o assassino Macario Valdés (Michel Brown) é executado na cadeira elétrica. E por fim o professor de antropologia Beltrán (Arturo Barba) sofre um acidente de carro com sua esposa.

Então Léon reencarna no corpo de Macario e Macario reencarna no corpo do Beltrán. Léon voltará e se infiltrará na família Carvajal como motorista, até descobrir quem é o verdadeiro culpado pelo seu assassinato. Por fim.

Mais da obra

Amar a Moerte tem adaptação por Leonardo Padrón (Rubi e Se Nos Deixam) e produzida pela W Studios em colaboração com Lemón Films.

Estreou em 5 de novembro de 2018 até 3 de março de 2019, em 86 capítulos, substituindo Sem Medo da Verdade (Globoplay).

Trata-se de uma nova versão da novela colombiana En cuerpo ajeno de Julio Jiménez, que também originou as novelas El cuerpo del deseo e En otra piel.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter