Lucero brasileira? SBT surpreende e estreia versão antiga de A Dona no streaming

Felipe Brandão
Felipe Brandão
Suzy Rêgo em cena de Amor e Ódio (Reprodução: SBT)
Suzy Rêgo em cena de Amor e Ódio (Reprodução: SBT)

Parece que o ‘gigante’ resolveu acordar no SBT. Após mais de um ano levando seu SBT Vídeos em banho-maria a direção do canal finalmente decidiu imitar a Globo e a Record TV e resgatar o próprio acervo de novelas em sua plataforma de streaming.

Na última segunda-feira (26), a emissora surpreendeu os fãs ao lançar no serviço on demand a novela Amor e Ódio, produção de 2002 inspirada no mesmo original da cubana Inés Rodena (A Usurpadora) que gerou A Dona, obra da Televisa protagonizada por Lucero e Fernando Colunga em 2010 – e exibida duas vezes por Silvio Santos no Brasil.

Amor e Ódio narra em 110 capítulos a história de Regina Villa Real (Suzy Rêgo), uma jovem romântica que se torna dura e amargurada após ser roubada e abandonada pelo noivo, Maurício (Edson Fieschi), no dia em que iam se casar. Ela então se refugia na Fazenda Cascavel, onde passa a tratar todos com mão de ferro.

Sentindo-se incapaz de amar novamente, ela é surpreendida ao se sentir atraída por José Maria Cortez (Daniel Boaventura), o debochado herdeiro da propriedade vizinha. O romance entre os dois, porém, encontra obstáculos como o inesperado retorno de Maurício e o interesse de Laura (Viétia Zangrandi), prima invejosa de Regina, por José Maria.

Por ora, está disponível apenas o primeiro capítulo da trama brasileira – os demais, espera-se, serão acrescido com o tempo. Também estão em cartaz no SBT Vídeos as novelas mexicanas Coração Indomável e Amores Verdadeiros – atualizadas concomitantemente à exibição atual na TV -; as infantis Carrossel (2012), Chiquititas (2013-2015), Cúmplices de um Resgate (2015), Carinha de Anjo (2016-2018) e As Aventuras de Poliana (2018-2020); e ainda algumas produções próprias do SBT, como Esmeralda (2005), Revelação (2009) e Amor e Revolução (2011)

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter