Mario Cimarro confirma negociações para segunda temporada de Pasión de Gavilanes

Felipe Brandão
Felipe Brandão
O ator cubano Mario Cimarro (Divulgação / Mezcalent)
O ator cubano Mario Cimarro (Divulgação / Mezcalent)

Um dos protagonistas da primeira parte de Pasión de Gavilanes está a um passo de confirmar sua presença no elenco da segunda parte. Estamos falando do cubano Mario Cimarro, que deu vida ao principal galã da história, Ivan Reis, na versão rodada em 2003.

Na última terça-feira (8), o bonitão de 50 anos falou sobre o assunto em uma live no Instagram. “Cada dia está mais próxima a possibilidade de que Ivan Reis, esse ‘gavião’ que tanto amamos, abra suas asas e volte a voar outra vez na segunda temporada [de Pasión de Gavilanes]”, revelou.

A declaração de Cimarro foi muito festejada, ao mesmo tempo que causou certa estranheza. Isso porque o ator havia declarado há dois que estava vetado na Telemundo desde 2011, quando protagonizou Los Herederos del Monte por lá – questão que ele logo tratou de elucidar.

“Tudo isso aconteceu numa Telemundo que não existe mais. A Telemundo de hoje em dia está liderada por pessoas visionárias como o Marcos Santana [presidente da Telemundo Global Studios], que têm uma visão incrível”, explicou.

Mario Cimarro ficou famoso no Brasil – e em vários países do mundo – na pele de Luciano Alcântara, o primeiro amante de Paola Bracho (Gabriela Spanic) em A Usurpadora (1998). Anos depois, ele também foi visto no Brasil como protagonista das novelas Gata Selvagem (2002), exibida pela RedeTV!, e Mar de Amor (2009), sucesso da Televisa no SBT.

A própria Pasión de Gavilanes, aliás, também chegou a ser exibida pela RedeTV!, em 2006, sob o título de Paixões Ardentes – mas acabou tirada do ar por conta da baixa audiência. Atualmente, a obra é sucesso no catálogo da Netflix.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter