Monarca: Osvaldo Benavides viverá liberdade sexual na 2ª temporada; saiba o que esperar

Cadu Safner
Cadu Safner
Osvaldo Benavides está no elenco de Monarca, da Netfix (Divulgação: Netflix)
Osvaldo Benavides está no elenco de Monarca, da Netfix (Divulgação: Netflix)

A segunda temporada da Monarca, série mexicana original da Netflix, chega no dia 1º de janeiro repleta de segredos, uma trama mais dinâmica e imprevisível, novos personagens e temas de inclusão e liberdade sexual.

A primeira temporada é a apresentação dos personagens, seu cosmos e universo. Neste segundo, somos forçados a ir para dentro, para ir mais fundo. Como conhecemos os personagens, temos que ver até onde eles são capazes de atingir seus objetivos”, explica o ator Osvaldo Benavides, que interpreta Andrés Carranza.

Osvaldo Benavides em première de Monarca, da Netflix (Divulgação: Netflix)
Osvaldo Benavides em première de Monarca, da Netflix (Divulgação: Netflix)

Novos personagens e inclusão

Sofía Carranza (Fernanda Castillo), uma nova personagem, que aparecerá na trama acompanhada de seu marido, Ignacio Urrutia (Alejandro de la Madrid), para desvendar a verdade sobre a morte de seu pai, Agustín Carranza.

Sua chegada, além de mudar os planos que seus primos têm para a empresa, vai abrir as portas para velhos amores na família. Sofia é outra mulher forte na carreira de Fernanda Castillo. O que mais a atraiu ao projeto foi a inclusão na ficção produzida por Salma Hayek de uma criança com síndrome de down, que atuará como seu filho.

Ela é uma personagem (Sofia) que parece vilã, porque tenta irritar os protagonistas, mas é a mãe deste jovem e conta-nos sobre o outro mundo que tem como mãe numa sociedade onde tem que ser perfeita e parecer perfeita, e onde a inclusão é tão difícil“, sintetiza ela.

Monarca, na Netflix (Divulgação: Netflix)
Monarca, na Netflix (Divulgação: Netflix)

A vez dos irmãos Carranza

O destino dos irmãos Ana María (Irene Azuela), Andrés (Osvaldo Benavides) e Joaquín (Juan Manuel Bernal) mudará radicalmente em questões de poder na empresa e nos conflitos pessoais que cada um vive.

Ana María mostrará um lado mais sombrio de sua personalidade, viverá conflitos com seu companheiro, que a levarão ao fundo do poço e depois de ter gozado do poder terá que aprender a abandoná-lo.

A situação é uma gangorra, ter chegado à presidência de Monarca significou muito trabalho e que de repente o fato de a mãe com a mão na cintura tirá-la traz para ela uma situação de enorme fracasso”, diz Azuela .

Salma Hayek e parte do elenco e produção de Monarca, da Netflix (Divulgação: Netflix)
Salma Hayek e parte do elenco e produção de Monarca, da Netflix (Divulgação: Netflix)

Joaquín, por sua vez, tratará do crime organizado, dos vícios de sua filha e da fragmentação de sua família. Da mesma forma, Andrés viverá uma época de prosperidade e crescimento, e ao mesmo tempo seu filho pagará pelo crime que cometeu.

Andrés terminou a primeira temporada deixando Monarca para encontrar o seu caminho. É um personagem que gosta do jogo do perigo, é um pouco sádico“, diz Benavides. Ele também viverá sua sexualidade de forma mais aberta e convidará sua esposa Jimena (Gabriela de la Garza) para realizar isso com ele.

Assista ao trailer de Monarca 2:

A primeira temporada de Monarca está disponível na Netflix e a estreia mundial da segunda temporada acontecerá no dia 1º de janeiro. É AGUARDAR! 

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter