Na Colômbia, Caracol TV estreia novela sobre transexualidade; conheça Sangre de Mi Tierra

Cadu Safner
Cadu Safner
Telemundo abordou a transexualidade com o personagem Leonardo do ator Hector Medina (Divulgação: Telemundo)
Telemundo abordou a transexualidade com o personagem Leonardo do ator Hector Medina (Divulgação: Telemundo)

A Telemundo, rede americana de conteúdo em espanhol acaba de emplacar mais uma novela original na Caracol Television, da Colômbia. Trata-se de Sangre de Mi Tierra, produzida em 2017. A trama foi escrita por Valentina Párraga, María Helena Portas e Marco Tulio Socorro.

Sangre de Mi Tierra tem estreia agendada para segunda-feira (13), às 23h30. Filmada na Flórida e Calofórnia, a trama protagonizada por Lambda García, Ana Belena e Santiago Ramundo tráz em seu enredo histórias como transexualidade, violência contra mulher e machismo.

Transexualidade

Leonardo, interpretado pelo ator Hector Medina, é um dos principais personagens. Ele começará a questionar sua sexualidade logo no início da novela, seu corpo começa a não acompanhá-lo como homem.

Tal situação vai virar um tormento na vida do rapaz até ele perceber que existe uma mulher dentro de si e vai querer viver aquilo. Sangre de Mi Tierra é a primeira novela da história da Telemundo a abordar este assunto.

Leia também: Com o fim de Ringo, Televisa encomenda nova novela para Lucero Suárez

Na parte central da novela duas famílias enfrentam uma tragédia inesperada que os levarão para uma série de difíceis e complexas situações. As famílias Castañeda e Montiel fazem sua fortuna como proprietários de terras e vinho cultores.

Para eles, fazer vinho de qualidade é uma paixão que os mantém unidos por muitos anos. Uma tragédia automobilística que abre uma marca na vida de todos e o início de uma verdadeira guerra.

Confira o trailer de Sangre de Mi Tierra:

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter