Whatsapp x

Fale com Agente :)

11983495309

Enviar
email x
[email protected]
Final da nova versão de Rubi bate recorde de audiência na TV americana
Siga-nos

Publicados

em

Completando um ciclo de 26 capítulos, a versão em série de Rubi, formato idealizado para o projeto “Fábrica de Sueños” que consiste em reviver clássicos da dramaturgia mexicana em séries contemporâneas, encerrou sua jornada com um final diferente da trama mãe exibida em 2004, além de marcar a maior audiência no horário em dois anos.

O último capítulo da nova descarada exibido na última quinta-feira (27) com uma duração de 90 minutos pelo Univision, parceiro da Televisa nos Estados Unidos, colocou a emissora a frente de canais de língua inglesa como  CBS, NBC, FOX e CW entre o público adulto de 18 a 49  anos. No entanto, no número total de telespectadores ficou acima apenas da CW, foram 1,9 milhões de telespectadores totais, segundo dados do Instituto Nielsen, de todo modo, um grande sucesso!

Carla (Ela Velden) era Fernanda sobrinha de Rubi (Foto: Televisa/Univision)

A nova versão de Rubi terminou com a jornalista Carla (Ela Velden) revelando ser na verdade Fernanda, sobrinha da interesseira, que consegue arrancar da tia o motivo pelo qual ela desapareceu da vida em sociedade.

 

Tia e sobrinha tentam escapar das garras de Heitor (Foto: Televisa/Univision)

Heitor (Rodrigo Guirao) seguiu vivo mantendo Rubi presa em uma mansão (Foto Televisa/Univision)

Rubi (Camila Sodi) relata que foi sequestrada por Heitor (Rodrigo Guirao), que diferentemente da trama anterior não morreu, e decidiu se vingar da esposa desfigurando seu rosto e a mantendo em cárcere privado em uma mansão macabra. Com a ajuda de Fernanda, Rubi consegue fugir da casa, faz uma cirurgia plástica, recupera a sua beleza e acaba dando a entender que voltará a viver dando golpes. Será?

Rubi (Camila Sodi) consegue recuperar a bela aparência (Foto: Televisa/Univision)

A descarada foge e parte em um avião dando a entender que voltará a aplicar um novo golpe (Foto: Univision/Televisa)

O Univision exibiu a série com exclusividade antes mesmo da Televisa no México, esta qual ainda não tem previsão de quando vai estrear, ainda assim, a trama conseguiu fazer bastante sucesso na internet. Alguns fãs ficaram decepcionados com o desfecho em aberto, outros nem tanto! Uma grande parcela dos que acompanharam adorou a mudança no roteiro com a “vilãgonista” tendo um final libertador.

Reprodução: Twitter

O próximo projeto do “Fábrica de Sueños” será a adaptação de “O Privilégio de Amar” com previsão de início das gravações para junho deste ano. La Usurpadora e Cuna de Lobos ganharam novas roupagens no ano passado e encontram-se disponíveis no Brasil pelo serviço de streaming Amazon Prime Video.

 

OUÇA O NOSSO PROGRAMA

Postagens Recentes