Após sair de “Elite”, Omar Ayuso rebate criador da série: “Não é uma produção modelo”

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes
Omar Ayuso de Elite faz declaração sobre a série (Foto: Divulgação/QG)

Em contrapartida às palavras de Carlos Montero, criador de Elite, o ator Omar Ayuso expôs uma opinião sobre a série da qual fez parte por 5 temporadas. Acontece que o showrunner aclamou o seriado espanhol como um exemplo a ser seguido, quando indagado sobre falta de diversidade.

Assim sendo, segundo Carlos, Elite é uma série que faz as pessoas sonharem com casas e piscinas, ao mesmo tempo que também encanta pela diversidade de corpos sensuais e atléticos. Por sua vez, Ayuso em resposta a revista GQ não cedeu a mesma opinião do ex-chefe.

Omar Ayuso é contrário a opinião do criador de Elite sobre a série

Para incio de conversa, o intérprete de Omar revelou à revista que as coisas não devem ser vistas por esse ótica. Assim sendo, sua opinião é totalmente contrária a que expressou Carlos há algumas semanas.

Minha postura é totalmente outra, e acho que isso é positivo. É pra isso que servem as opiniões, para serem dadas e que outras pessoas possam expressar as suas também, mesmo que opostas“, começou.

Em seguida, o ator voltou-se especificamente para a série da qual fez parte e externou sua visão acerca do tema. “Eu não acho que uma série como Elite deve servir de modelo, e se uma coisa deve ficar clara é que Elite não é uma série modelo“, disse.

Por certo, o astro se refere a exposição de corpos, sejam masculinos ou femininos, como forma de incentivar o público. Isto é, segundo ele, o produto deveria ser mais realista em termos de apresentar as diversas formas que isso pode ter.

Nesse sentido, Omar agregou que durante muito tempo ele mesmo ficou preso na exigência de ter um corpo “padrão”. “Eu nunca tinha tido esses complexos físicos, e não percebi até que ponto eles podem te paralisar ou dominar sua vida“, completou.

Por fim, o ator deixou claro que o ideal é ser mais flexível quanto a isso. Ou seja, é capaz que existam corpos modelos, porém também há outros mais fora desse padrão, e como exemplo ele usou a série Euphoria, a qual o mesmo considera um produto mais inclusivo.

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter