Primeiras Impressões: A Filha do Embaixador (Sefirin Kizi)

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes
"Sefirin Kızı " é um grande sucesso na Turquia. (Foto: Estrela Latina).

A emissora Star TV estreou no dia 16 de dezembro de 2019 seu mais novo drama turco – A Filha do Embaixador (Sefirin Kizi) e está arrebentando na audiência. A novela é escrita pela dupla Ayşe Ferda Eryılmaz e Sedef Nehir Erdem (İnadına Aşk) e a direção tem o comando de Emre Kabakkılı.

(Reprodução: YouTube).                                                                                                
O que explica o sucesso da obra até então?

Sefirin Kizi trata-se de uma clássica história de amor impossível entre dois jovens de realidades diferentes, algo que parece chamar bastante a atenção do público turco e dos brasileiros também, risos, já que a história está gerando bastante barulho por aqui.

(Reprodução: YouTube).                                                                                  
A história

Nare (Neslihan Atagül) é filha de um embaixador da Turquia e que acaba se apaixonando por Sancar (Engin Akyürek), filho de um camponês. Os dois jovens se casam, porém algo ocorre e ambos se separam, ficando 8 anos sem se ver. Nare tem uma filha com Sancar, todavia ele não sabe da existência da criança. Ao apunhalar o seu irmão de criação – Akin (Erhan Alpay), com uma faca, temendo ser presa, ela e a filha fogem para a Turquia com o objetivo de reencontrar Sancar e lhe entregar a menina para que ele a proteja.

A trama é realmente boa?

A produção segue uma linha de melodrama tradicional apostando alto em um amor da juventude, um triângulo amoroso, um vilão misterioso, laços familiares, etc. Apesar de não apresentar grandes novidades no enredo a novela possui uma montagem interessante, caracterizada pela criação de um ambiente de mistério, o qual vai sendo desvendado no decorrer da história, por meio de flashbacks.

(Reprodução: YouTube).

O que causa um certo incômodo é o ritmo, bem inconstante ao longo do que já foi exibido, porém acredito que isso se deve pela história ainda está no início. A mesma observação vale para o desenvolvimento dos personagens, afinal quem será o mocinho da trama? Sancar ou Gediz (Uraz Kaygılaroğlu)? Pois Sancar abandonou Nare pouco depois do casamento e se negou a acreditar que a filha era realmente sua e Gediz é um tanto misterioso.

E a produção?
Locações e fotografia bem sintonizadas. (Reprodução: YouTube).

Esse é ponto forte da obra, com belas locações, fotografia e enquadramentos bem sintonizados e uma direção no nível certo. Destaque para o ótimo trabalho em rejuvenescer os atores nos flashbacks exibidos.

Nare jovem (esquerda) e Nare adulta (direita) (Reprodução: YouTube).
Sancar jovem (esquerda) e Sancar adulto (direita) Reprodução: YouTube).
 E o elenco?

Os personagens vão ganhando espaço aos poucos, ampliando, portanto, o trabalho dos atores. O trio principal, composto por Engin Akyürek (Fatmagül’ün Suçu Ne?; Kara Para Aşk), Neslihan Atagül (Kara Sevda) e Uraz Kaygılaroğlu estão bem. Destaque para a interpretação da pequena Beren Gençalp que cativa com seu carisma em cena.

Uraz Kaygılaroğlu como Gediz. (Reprodução: YouTube).

                                  

Engin Akyürek como Sancar. (Reprodução: YouTube).

                                

Beren Gençalp como a pequena Melek. (Reprodução: YouTube).
O que esperar da trama?

Mais um dramalhão, apostando alto em reviravoltas e romance. Acredito que no decorrer dos próximos capítulos a história deve engrenar de vez e desenvolver outros personagens, fora os que compõem o núcleo principal.

(Foto: Reprodução).

                                                                                            

Já viram algum capítulo? Estão gostando da novela? Deixem recomendações nos comentários, até breve!

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter