Quanto vale o prazer? Descubra em ‘Brincando com fogo: América Latina’

Cláudio Oliveira
Cláudio Oliveira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com a narração da deliciosa voz de Itati Cantoral, o reality que virou série vem sendo um sucesso total. ‘Brincando com fogo: América Latina’ é um jogo duro para quem ama transar sem limites e sem pudor.

O enredo se desenrola em uma ilha regada de cenários encantadores e inspiradores para um bom sexo. Digno de novelas mexicanas. Mas cada amasso tem um preço – que é descontado do prêmio de cem mil dólares (em real R$ 545.460,00).

Tesão e imaginação rondam a todo instante os dez participantes possuidores de belos físicos e desejos quentes. Mas, como nem tudo é só doce na vida, a assistente virtual Lana (quase uma prima da Alexa) não vai dar sossego para a turma que só pensa “naquilo”.

Sem dó nem piedade, Lana desconta fielmente do prêmio cada vacilo cometido por algum dos dez participantes da série que virou paixão dos telespectadores. Por mais que seja picante até no título, ‘Brincando com Fogo: América Latina’ tem a classificação de idade para dezesseis anos.

Você deve estar se perguntando o que se faz em um reality de sexo sem sexo, aí que mora o sentido de tudo, pois o objetivo é criar conexões profundas sem o desejo carnal. Você toparia ou arriscaria a grana para Lana?

São dias torturantes em um paraíso. O reality foi muito bem adaptado para série que tem oito episódios. Vale assistir no fim de semana. Nota 8!

Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira

É repórter e colunista.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter