RCN recupera a liderança na Colômbia com Pa Quererte

Vander Dias
Vander Dias

Há um bom tempo o canal RCN não conquistava a liderança de audiência com suas produções mesmo com diversas tentativas no horário nobre, consolidando o posto de campeã à Caracol TV. A última vez que a emissora sentiu o cheiro do primeiro lugar em uma faixa de novelas foi com a reprise de “Betty, la Fea” de forma temporária em 2019, quando anunciaram sua exibição em forma de memória póstuma ao criador da trama, Fernando Gaitán.

A repetição da história foi duramente criticada pelo fato da emissora ter de depender de reprises para ser líder, já que as produções inéditas não rendiam ótimos resultados. Porém, o canal parece ter começado o ano de 2020 com um esboço de reação em sua audiência.

Na primeira semana de janeiro a RCN estreou a novela cômica Pa’Quererte, que é na verdade uma adaptação da mexicana “Papá a Toda Madre” protagonizada por Sebastián Rulli e Maite Perroni na Televisa.

Nesta nova versão, Sebastián Martinez que atuou em “La Ley del Corazón” interpreta Mauricio, personagem que pertenceu a Rulli, é um homem que levava a vida como forma de curtição até o momento que uma garota surge dizendo ser sua filha e ele se vê na obrigação de se tornar pai.

A trama de cunho familiar tem sido muito bem aceita entre os colombianos e rendido excelentes índices, ficando na liderança isolada em seu horário de exibição noturno, a mesma tem derrotado com frequência a nova aposta da Caracol, Amar Y Vivir, cujo a sua estreia também coincidiu com a de “Pa’Quererte” no último 7 de janeiro no horário nobre.

Amar y Vivir / Foto: Reprodução

Diferente de “Pa’Quererte”, “Amar Y Vivir” é um drama que apresenta o encontro de duas pessoas humildes que devem enfrentar diversas barreiras para realizarem seus sonhos e ficarem juntos, Irene (Ana María Estupiñan) é  uma moça íntegra e batalhadora que sonha se tornar cantora. Na capital, ela conhece Joaquín (Carlos Torres) um homem do campo em busca de descobrir o paradeiro da irmã desaparecida e sonhador em recuperar suas terras. Sem nenhum tostão no bolso, o rapaz acaba indo trabalhar numa oficina de mecânico na qual irá conhecer Irene, ambos irão se apaixonar e lidar com alguns percalços.

Na batalha pela preferência popular, o público tem preferido a comédia ao invés do dramalhão, não que “Amar y Vivir” esteja mal na sua audiência, no entanto, o crescimento e a tomada da liderança pela RCN é dado como uma virada surpreendente. Continuaremos de olho nessa disputa!

Vander Dias

Vander Dias

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter