Remake de Café com Aroma de Mulher chega ao fim na Colômbia e nos Estados Unidos

Felipe Brandão
Felipe Brandão
William Levy e Laura Londoño, protagonistas da nova versão de Café con aroma de mujer. (Foto: Divulgação).

A nova versão de Café com Aroma de Mulher encerrou nos últimos dias suas transmissões tanto na Colômbia como nos Estados Unidos. Em seu país natal, a história de Gaivota (Laura Londoño) e Sebastião (William Levy) se despediu no último dia 24 (sexta-feira) pelo canal RCN, três dias antes de deixar também a grade da norte-americana Telemundo.

Infelizmente, o remake não conseguiu repetir o sucesso da história original, protagonizada em 1994 por Margarita Rosa de Francisco e Guy Ecker – e exibida várias vezes no Brasil pelo SBT. Contou com apenas 92 capítulos – contra 160 da primeira versão – e amargou índices fraquíssimos de audiência na TV colombiana.

Nos EUA, a situação não foi diferente. Café con Aroma de Mujer sofreu sucessivas derrotas para a Univisión, principal concorrente da Telemundo pela audiência hispânica local, e chegou a inclusive ter sua duração abreviada pela emissora em questão, com uma quantidade ainda menor de capítulos do que na Colômbia.

Embora esta versão tenha sofrido profundas modificações em relação ao texto original de Fernando Gaitán, os desfechos se assemelharam bastante ao que vimos na trama dos anos 90. Sebastião Valejo conseguiu provar sua inocência nas fraudes de que era acusado, para infelicidade do vilão Ivan (Diego Cadavid), que acabou preso em seu lugar.

Antes rivais, Júlia Valejo (Luces Velázquez) – a mãe do galã – e Gaivota se uniram para salvar a fazenda Casablanca, e conseguiram que as marcas de café ali produzidas voltassem a ganhar competitividade no mercado cafeeiro, com direito até a prêmios internacionais. Preso, Ivan arrependeu-se de seus crimes e demonstrou o desejo de recomeçar.

Por fim, Sebastião e Gaivota terminaram casados e felizes ao lado do filho, Fernando Valejo.

Felipe Brandão

Felipe Brandão

Felipe Brandão é jornalista diplomado desde 2012 - mas sua paixão pela TV e pelas novelas, especialmente as latinas, começou desde muito cedo em sua vida. Gosta de tudo o que envolve arte, apesar de seu apreço duvidoso pelos filmes de um certo boneco Chucky... Ninguém é perfeito, né?

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter