Estrela de série turca da Netflix vai à Cannes para lançamento de filme LGBTQI+

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes
Selahattin Paşalı protagoniza filme turco gay exibido em Cannes (Foto: Divulgação)

Dentre as produções apresentadas esse ano no Festival de Cannes está o longa Kurak Günler (Dias Quentes). O filme, assinado pelo famoso diretor turco Emin Alper, conta com grandes estrelas no elenco, como Selahattin Paşalı – estrela da série turca Aşk 101 (Love 101) da Netflix.

No entanto, o filme está previsto para estrear mundialmente apenas em 17 de agosto desse ano na França. Porém, parte do elenco e o diretor do projeto já estão em Cannes para a primeira exibição à crítica especializada e outros nomes do meio.

Selahattin Paşalı de Aşk 101 da Netflix protagoniza filme gay

Exibido no Festival de Cinema em Cannes, o longa concorre à indicação ao prêmio de Melhor Filme na categoria Queer Palm (filmes com temática LGBTQI+).

De fato, o enredo da produção é descrito como um thriller político e psicológico. Além disso, a história passeia pelos conflitos entre um jovem promotor e o prefeito da cidade.

Quanto ao elenco, além de Selahattin Paşalı, o ator Ekin Koç também divide o eixo central da narrativa. Por certo, Ekin gravou o filme antes de ingressar no folhetim Üç Kuruş (O Centavo do Mal), atualmente em reta final na TV aberta da Turquia.

Ainda assim, outros nomes compõem o casting do filme como Erol Babaoğlu, Erdem Şenocak, Selin Yeninci, Sinan Demirer, Nizam Namidar, Ali Seçkiner Alıcı e Eylül Ersöz.

Confira a sinopse do longa:

Emre, um promotor novo, é designado para a cidade de Balkaya. Assim, na tentativa de fazer seu trabalho com muita seriedade, ele chega acompanhado por respeito pelo prefeito Selim e pela população da cidade. No entanto, o uso de águas subterrâneas acaba sendo proibido por comitês e tribunais ambientais, criando um sério problema na cidade. Nesse sentido, Selim tenta realizar seu grande projeto que conectará as águas subterrâneas à cidade com grandes tubulações. Entretanto, Selim enfrenta séria oposição, especialmente de Murat, dono de um jornal local. Embora Murat tente provocar Emre contra o prefeito, Emre é cauteloso com os eventos. Dessa forma, tentando evitar ser um partido nas eleições locais que serão realizadas em pouco tempo, Emre se encontra em uma situação difícil por causa das vozes que se levantam contra ele. Em pouco tempo, Emre está preso em um círculo vicioso.

Histórico na Turquia

Ainda sob o regime de censura, o meio audiovisual do país otomano acaba limitado para explorar temáticas LGBTQI+. Contudo, essa não é a primeira produção dessa natureza na Turquia. Em 2010 a emissora ATV exibiu um casal homossexual seminu na série de TV Kılıç Günü.

Além disso, em 2020 o ator Doğaç Yıldız (Yasak Elma) protagonizou o longa gay O Advogado do diretor lituano Romas Zabarauskas. Por certo, o filme está disponível no catálogo da Amazon Prime Video.

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter