Série ‘El juego de las Llaves’ com pouco humor e carregada de clichês nada inovadores

Cláudio Oliveira
Cláudio Oliveira
Cena de 'El juego de las Llaves' (Foto: Reprodução)
Cena de 'El juego de las Llaves' (Foto: Reprodução)

A segunda temporada da série ‘El juego de las Llaves’, já está disponível na Amazon Prime Video. A nova temporada tem peças-chave como Adriana (Maite Perroni) e Bárbara (Fabiola Campomanes), que fazem o possível para alavancar a comédia quase nada engraçada.

Podemos observar o Leonardo Cuervas (Hugo Catalán), um personagem que resiste em trabalhar em certos lugares por não concordar “em deixar alguém rico” e prefere virar taxista e atormentar a vida dos passageiros. Descem antes mesmo de chegar ao fim da corrida.

O enredo aborda temas essenciais – como homossexualidade e separação -, sempre com uma certa superficialidade. Em uma das cenas, a mãe descobre, de maneira inusitada, a orientação sexual do filho. Após, faz pouco caso, mas acaba fazendo de tudo para que o pai não saiba da verdade.

Outro fato é a romantização da separação dos pais por uma adolescente. Tema que, também, é tratado de forma fria, mesmo com a personagem demostrando o fardo que a situação se torna para sua vida. Imagina você, descobrir que a sua madrinha está grávida do seu pai?

‘El juego de las Llaves’ que em português vira ‘O jogo das chaves’, abre um roteiro confuso, com muitos detalhes a mostrar, mas sem desenvolvimentos precisos. Para continuar com novas temporadas será necessário trabalhar melhor as sequências das cenas e deixar os fatos mais transparentes. Nota 3!

Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira

É repórter e colunista.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter