Stranger Things, série da Netflix, é processada por plágio

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes

Sem sossego! Pela segunda vez, a Netflix e os criadores da série Stranger Things, Matt e Ross Duffer (The Duffer Brothers), são acusados de plágio. A primeira foi em 2018, quando o cineasta Charlie Kessler acusou os showrunners da série de copiarem um de seus curta-metragem intitulado Montauk. Na época, os criadores rebateram às acusações afirmando que não havia conexão entre o curta-metragem e a criação ou desenvolvimento de Stranger Things.

Nesta segunda ocasião, conforme informações divulgadas pelo site americano The Wrap, a denúncia de plágio foi feita na última quarta-feira (15/07), na qual consta que a série dos The Duffy Brothers copiou vários elementos de Tótem, um roteiro assinado por Jeffrey Kennedy, o qual é protegido por direitos do autor.

Logo oficial de Stranger Things. (Foto: Divulgação/Netflix).

As acusações foram apresentadas à Corte Federal da Califórnia por Irish Rover Entertainment. Segundo o documento, os dois projetos estariam conectados por um homem chamado Aaron Sims, o qual trabalhou com Kennedy durante o desenvolvimento de Tótem e que, posteriormente, foi contratado para criar a arte conceitual das duas primeiras temporadas de Stranger Things.

Dentre os elementos presentes no roteiro escrito por Kennedy, os que são apontados como plágio em Stranger Things envolvem a presença de um garoto que possui epilepsia e sofre com chuvas de raios em seu cérebro, as quais o transportam a um plano sobrenatural alternativo, e a presença de uma menina que tem poderes sobrenaturais e ajuda seus amigos a encontrar um portal para o mundo sobrenatural alternativo. Tais situações se assemelham às vivenciadas pelos personagens Will (Noah Schnapp) e Eleven (Millie Bobby Brown), respectivamente, em Stranger Things.

Pôster da segunda temporada de Stranger Things. (Foto: Divulgação/Netlfx).

Segundo a Netflix, Kennedy há tempos vem apresentando essas teorias conspiratórias, as quais, segundo a empresa, não tem fundamento, uma vez que os irmãos Duffer nunca haviam ouvido falar do escritor ou de seu roteiro.

Deixem recomendações nos comentários, até breve!

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter