Último episódio da série sobre Diego Maradona irá ao ar na mesma data da morte do jogador

Cadu Safner
Cadu Safner
Nazareno Casero e Juan Palomino interpreta Diego Maradona em série documental sobre a vida do craque argentino (Foto: Reprodução/Montagem)
Nazareno Casero e Juan Palomino interpretam Diego Maradona na série documental sobre a vida do craque argentino (Divulgação)

Maradona: Conquista de um Sonho estreou no Amazon Prime Video no dia 29 de outubro, apresentando 10 episódios que trazem à tona várias polêmicas acerca da vida do futebolista argentino Diego Armando Maradona (1960-2020) e outros personagens de sua vida como amigos e parentes, além de, é claro, mostrar ao público como ele veio a se tornar uma lenda do futebol.

Incialmente são cinco episódios disponíveis: Promessa, Ditado, Máquina, Sudaca e Roto. Os episódios Vesúvio (6) e Livre (7) estarão disponíveis a partir de 5 de novembro. Já o episódio Cristiana (8) estará em 12 de novembro, Capitão (9) em 19 de novembro e Deus (10) fechará o ciclo em 25 de novembro, data em que se completa um ano da morte do craque.

Os atores Nazareno Casero e Juan Palomino, dão vida ao falecido jogador de futebol em diferentes etapas. “Cada passo que Diego deu gerou intriga. É hora de entrar em sua história, aquela que ele queria contar“, disse Nazareno, que interpretou Diego na juventude.

Mais de Juan Palomino

Juan Palomino, de 59 anos, nasceu em La Plata, e é filho de mãe argentina e pai peruano. O astro viveu toda a sua infância no Peru e depois do ensino médio voltou para a Argentina e estudou na Escuela de Teatro de la Plata.

Aos 31 anos fez sua estreia na televisão na novela Amores, do canal Telefé, em 1992. Ele também pertence ao grupo musical Los Negros de Wednesdays que toca música afro-peruana, além de ser ativista pela união latino-americana e pela difusão das culturas dos imigrantes dos países vizinhos.

Entre os destaque em suas dezenas de trabalhos estão Miguel Delfino em Desperate Housewives e o vilão psicopata da novela Alguém que me ama.

Seu elogiado desempenho como o ex-boxeador El Inca del Sinai foi aclamado no filme de ação e humor negro Diablo (2012). No mesmo ano interpretou Martín, terapeuta do filme El pozo, o primeiro filme no cinema nacional argentino a tratar a questão do autismo e do amor em pessoas com habilidades especiais.

Ele também pertence ao grupo musical “Los Negros de Wednesdays” que toca música afro-peruana e é um ativista pela união latino-americana e pela difusão das culturas dos imigrantes dos países vizinhos.

A morte de Maradona

Diego Armando Maradona ou simplesmente conhecido como Maradona, morreu no dia 25 de novembro. Destaque no futebol de seu país e consagrado como um ídolo do esporte em todo o mundo, o ex-jogador teve o seu quadro de saúde piorado após uma parada cardiorespiratória.

Maradona tinha 60 anos e recentemente havia passado por uma cirurgia no cerébro. Considerado o maior jogador argentino da história, o astro ficou imortalizado pela vitória na Copa de 1986 contra a seleção inglesa quando protagonizou o gol intitulado “mão de Deus”.

Com passsagem em clubes como Boca Juniors e Napoli, este último sendo campeão italiano pela UEFA. Maradona atuava até o ano passado como técnico do clube local Gimnasia y Esgrima. Polêmico, no entanto, cheio de talentos ele deixa um legado, além do luto aos fãs de esporte no dia de hoje.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter