Rihanna faz declaração Chris Brown: “Nos amamos e provavelmente sempre nos amaremos”

Jonathas Lopes
Jonathas Lopes

Doze anos se passaram desde a polêmica que balançou o mundo da música, quando um dos casais mais respeitados do momento, Chris Brown e Rihanna terminaram sua relação após o primeiro agredir fisicamente a cantora.

Em uma entrevista realizada em 2012 ao podcast Oprah Winfrey’s SuperSoul Conversations, porém disponibilizada somente agora no Spotify, a estrela comentou sobre sua relação atual com Chris e também aproveitou para relembrar os acontecimentos que datam de 2009, período que os dois se separaram. “Eu estava ferida, ninguém sentiu o que eu senti, aconteceu comigo …”, começou a dizer.

Eu me senti protetora. Senti que a única pessoa que odiava naquele momento era ele. Era um ambiente estranho e confuso o que eu estava, porque apesar de estar muito chateada, ferida e traída, eu senti que ele cometeu esse erro porque precisava de ajuda. Mas quem poderia ajudá-lo?“, questionou a intérprete de Umbrella.

Ainda durante a entrevista, a cantora revelou como está sua relação atual com o cantor e confessou que o amor entre os dois é eterno. “Estamos tentando trabalhar nossa amizade novamente. Agora somos amigos muito próximos. Nós conseguimos uma confiança novamente, e é isso: nos amamos e provavelmente sempre nos amaremos e isso não é algo que vai mudar. Não é algo que se possa apagar, se alguma vez você esteve apaixonado“, completou.

Em 2009 Chris Brown agrediu fisicamente Rihanna, sua namorada na época, e isso o levou a responder ao crime de agressão em liberdade condicional durante 5 anos, além de uma ordem de restrição. Em 2013 houve alterações na sentença do rapper após a cantora pedir mudanças nos términos de restrição.

Jonathas Lopes

Jonathas Lopes

Amante de teledramaturgia e cinema. Crítico de televisão nas horas vagas, e apaixonado pelo universo Star Wars.

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter