Vencedora do Emmy 2019, novela La Reina del Flow teve vilão inspirado em Maluma

Cadu Safner
Cadu Safner
La Reyna Del Flow foi a vencedora do Emmy Internacional como a Melhor Novela de 2018 (Reprodução: Caracol TV)
La Reyna Del Flow foi a vencedora do Emmy Internacional como a Melhor Novela de 2018 (Reprodução: Caracol TV)La Reyna Del Flow foi a vencedora do Emmy Internacional como a Melhor Novela de 2018 (Reprodução: Caracol TV)

A bem-sucedida La Reina del Flow, novela produzida pela emissora colombiana Caracol TV no ano passado, foi a grande vencedora do Emmy Internacional, na categoria Melhor Telenovela. A cerimônia de entrega aconteceu na noite desta segunda-feira (25), no Hilton Hotel em Nova York. Protagonizada por Carolina Ramirez e Carlos Torres, a história contada em 220 capítulos, teve como concorrentes: The River, da África do Sul e Vidas Opostas, de Portugal.

Calçada na boa e velha premissa da protagonista que vai em busca de vingança contra todos aqueles que lhe fizeram mal no passado, La Reina del Flow usou e abusou dos cenários mais incríveis de Bogotá e Medellín. Não bastando, a superprodução também contou com participações especiais de nomes emblemáticos da música pop urbana da atualidade como Sebastián Yatra, Karol G e Paty Cantú.

Outra curiosidade fica por conta do personagem Charly Flow, o grande vilão da história, inspirado no cantor Maluma. Informação confirmada por Andrés Salgado, o criador da novela. Este ano, La Reina del Flow ganhou a sua versão mexicana pela Televisa, intitulada de La Reina Soy Yo. O sucesso da versão original foi tanta, que uma segunda temporada já foi encomendada por executivos da Caracol TV e segue em fase de pré-produção.

A história

O romance conta a vida de Yeimy Montoya, uma garota movida pelo sonho de se tornar uma estrela do cenário musical que acaba depositando suas expectativas e amor no homem errado. E isso lhe traz graves consequências e uma vida cheia de desgraças.

Yeimy perde parte de sua família para o tráfico e vai para atrás das grades. E lá ela cumpre pena por longos 17 anos. Após todo este tempo, a moça retorna para o lugar onde nasceu e, sob identidade falsa, Yeimy traça os planos mais imensuráveis de vingança. Seu foco? Charly Flow, uma artista de reggaeton que se consagrou após roubar suas letras.

Entre reencontros e sonhos que ainda permanecem vivos, Yeimy também descobre que o filho que teve na cadeia, não morreu durante o nascimento. E mais que isso, que ele vive no bairro onde nasceu que tem um talento enorme para a música. Com o tempo ela consegue fortes aliados prontos para destruir o homem que arruinou sua vida.

Cadu Safner

Cadu Safner

Jornalista e editor-chefe do site Estrela Latina (Metrópoles), repórter com passagens na RedeTV!, Band, AllTV e no portal Terra. Desempenhou funções em editoriais de moda, política, policial e também assina a coluna Holofote, no site Observatório da TV (UOL).

Post Relacionados

Fique conectado!

Assine a nossa newsletter